Capa > Home > PremieR pet chega ao mercado de petiscos e apresenta inovação em cookies para cães

Novidades

PremieR pet chega ao mercado de petiscos e apresenta inovação em cookies para cães

01_premier_adulto_lateral

PremieR Cookie contribui para a interação entre o tutor e seu pet, proporcionando momentos divertidos, gostosos e, acima de tudo, preservando o balanço nutricional. Agora o tutor pode fornecer um petisco diferenciado, saboroso e saudável!

Especialista em nutrição de alta qualidade para cães e gatos, a PremieR pet tem a inovação em seu DNA. Quem acompanha a trajetória da empresa, próxima de completar duas décadas de existência, já viu nascer sob sua assinatura diversas novidades no segmento de pet food, tais como a primeira linha de alimentos para Raças Específicas do mundo, o primeiro alimento para cães castrados do Brasil, a exclusiva linha Seleção Natural em parceria com a Korin, entre outras. A PremieR pet não para de evoluir e apresenta agora mais uma inovação ao abraçar em grande estilo uma nova categoria com o lançamento de PremieR Cookie, a primeira linha de cookies Super Premium do mercado.

Por que cookies?

Com toda sua expertise em nutrição, a PremieR pet sabe que o momento da alimentação dos animais de estimação é precioso para a interação entre o tutor e seu pet. É uma ocasião em que o cão vivencia o carinho e atenção de seu tutor que, por sua vez, sente-se importante e responsável pelo seu melhor amigo. Mas as refeições são oferecidas geralmente de 2 a 3 vezes ao dia e, para estender esses momentos de troca afetiva e proximidade que só o ato de alimentar proporciona, os tutores acabam oferecendo aos seus pets diversos petiscos diariamente.

Os petiscos também são habitualmente adotados como recompensa educativa, no processo de adestramento e como reconhecimento à obediência. Além disso, fazem parte da rotina daqueles que se sentem culpados por passar o dia todo fora ou por oferecer mesmo tipo de alimento todos os dias. Ainda que a orientação veterinária indique que a ração seca de alta qualidade é a melhor alternativa nutricional, muitos tutores acabam tentando “recompensar” sua ausência ou demonstrar amor ao pet com guloseimas diversas, frutas, legumes e outros itens que prejudicam o equilíbrio da dieta. Cães que vivem dentro de casa também ficam mais próximos ao preparo dos alimentos e refeições da família e têm seus sentidos constantemente estimulados por cheiros diferentes. E, afinal, quem nunca se sensibilizou com aquele olhar de “e eu?” do seu cão ao lado da mesa?

Mercado

De acordo com informações do Euromonitor, o mercado de petiscos é o que apresenta as maiores projeções de crescimento no Brasil, principalmente em cães. Só em 2015, o segmento representou 51% dos lançamentos e, entre 2011 e 2016, houve um crescimento de 31.4% em volume. Além disso, as tendências no mercado de comida para animais de estimação, apontadas pelo Instituto para 2016, indicam crescimento na demanda por produtos inovadores. Existe um particular destaque para os petiscos, à medida em que mais consumidores buscam agradar seus bichinhos. Produtos semelhantes à alimentação humana, como aqueles assados e grelhados, com ênfase nos ingredientes, estão se tornando mais populares.

E este vem sendo um fenômeno mundial nos últimos anos. De acordo com dados do Euromonitor divulgados em 2015, as vendas globais de petiscos cresceram 39% nos últimos cinco anos. Uma pesquisa de 2014 da instituição People’s Dispensary for Sick Animals, publicada pelo jornal Daily Mail, no Reino Unido, aponta que 87% dos tutores têm o hábito de dar guloseima indevida aos pets, o que leva a 2,5 milhões de cães ao sobrepeso naquele país.

Diante desse cenário que deixa evidente a tendência cada vez mais forte dos consumidores paparicarem seus pets, e firme na missão de proporcionar mais saúde e longevidade aos animais de estimação, a PremieR pet abraçou o desafio de atender a demanda, porém respeitando com rigor os conceitos nutricionais. Assim nasceu PremieR Cookie, uma linha de cookies Super Premium saudável, nutritiva e que vai ao encontro da rotina de cuidados e interação entre tutores e seus cães.

“Percebemos que a categoria apresenta baixa inovação e poucas opções para os consumidores finais, apesar de sua relevância no mercado. Sabemos que nossos clientes têm necessidade de agradar seus cães e, ao mesmo tempo, uma preocupação crescente com o bem-estar, buscando na alimentação a principal fonte para uma vida saudável. Dessa forma, decidimos entrar nesse segmento com um produto inovador, aproveitando todo know-how tecnológico e excelência PremieR pet, oferecendo cookies com padrão de qualidade grau humano sem comparação em relação aos produtos atualmente ofertados”, revela Fernando Jun Suzuki, diretor de marketing, responsável pela área de produtos e trade marketing da PremieR pet.

Diferenciais

Para produzir a primeira linha de cookies Super Premium do Brasil, a PremieR pet investiu pesadamente em uma nova unidade fabril no seu complexo industrial em Dourado (SP), que conta com uma das mais modernas linhas de produção do mundo no segmento. Os diferenciais têm início já na seleção de ingredientes de altíssima qualidade (grau humano), passando pela fórmula dos produtos, o processo de fabricação, os formatos, a textura e o sabor, que fazem de PremieR Cookie uma linha de produtos sem igual para o desfrute dos cães junto aos seus tutores.

Os cookies são assados moldados. Essa tecnologia é diferente dos produtos extrusados e dos biscoitos convencionais para pets, e remetem ao nível de cuidado, qualidade e padrão humanos. “Comparado aos biscoitos comuns, nossa tecnologia exige a chamada `massa rica´ na fabricação, ou seja, a massa precisa ser trabalhada de forma especial, com ingredientes nutritivos, além de permitir a confecção de formatos únicos e exclusivos, o que é muito valorizado pelos tutores e torna o momento de interação mais agradável e divertido”, explica Cristiana F. Ferreira Pontieri, doutora em nutrição de cães e gatos e diretora de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos da PremieR pet.

Ela explica que com a tecnologia assada, os cookies adquirem sabor intenso e diferenciado, muito natural, proveniente dos ingredientes nobres, como farinha de trigo especial de panificação, ovo integral, albumina e leite. “Além disso, os produtos são isentos de açúcar, um fato raro no mercado brasileiro de produtos assados para cães. Também não contém transgênicos, aromatizantes ou corantes artificiais. Têm baixo teor de sódio, preservando o sabor natural dos ingredientes que os cães tanto adoram. Alguns contêm prebiótico MOS, que contribui para a saúde intestinal, hexametafosfato de sódio, que auxilia na saúde oral dos cães adultos, biotina, para a saúde da pele, e zinco para os pelos”, destaca. O resultado são cookies altamente palatáveis, que oferecem aos cães um momento de prazer diferente daquele obtido nas refeições.

Consumo

Perfeitos para momentos de recompensa, lazer, distração e mimo aos animais, os cookies da linha PremieR Cookie têm a função de enriquecer a interação das pessoas com seus pets e deixar sua rotina muito mais gostosa e agradável, com a qualidade garantida PremieR pet. E como todo produto de alta qualidade que leva a marca, traz consigo a preocupação com a saúde e o bem-estar e deve ser consumido com moderação para não desbalancear a alimentação e jamais ser adotado em substituição ao alimento.

“Como regra geral, não se deve ultrapassar 10% das calorias diárias dos cães com petiscos, independente de qual seja. Nossos rótulos de indicação levam isso em consideração. Seguindo este cuidado, os cães continuarão saudáveis e felizes, consumindo PremieR Alimentos Super Premium, que são alimentos completos, e agora também PremieR Cookie, cookies especialmente formulados para eles”, orienta Cristiana.

Compartilhe
Cão dula modal
X
Premium Ou Super Premium

Todas as rações alimentam o animal, mas nem todas ajudam a manter a saúde, a qualidade de vida e a beleza, pois não possuem as mesmas propriedades. O que muda entre essas categorias?

  • Tabela Comparativa
  • Os alimentos Premium no Brasil

Standard

Premium/Premium Especial

Super Premium

Origem Década de 70 Década de 80 Década de 90 (A PremieR pet foi pioneira)
Níveis
Nutricionais
Mínimos Formulações mais completas e balanceada com níveis nutricionais acima do mínimo recomendado Formulações mais completas, concentradas com níveis nutricionais ótimos
Ingredientes Ingredientes de baixo custo e qualidade Matérias Primas de boa qualidade nutricional Matérias primas de máxima qualidade e presença de ingredientes especiais que promovem benefícios extras à saúde
Formulação Variável Fixa Fixa
Consumo, aproveitamento e volume de fezes Alto consumo, baixo aproveitamento e fezes mal formadas e em grande volume Consumo intermediário, bom aproveitamento e fezes em menor volume: firmes e fáceis de recolher Menor Consumo entre as categorias, máximo aproveitamento e fezes em menor volume: firmes e fáceis de recolher
Saciedade
Foco Preço baixo Custo-Benefício Promover saúde, longevidade e qualidade de vida.

Os Primeiros alimentos industrializados que surgiram no Brasil, na década de 70, foram os produtos atualmente chamados de linha de combate. Embora já existam há bastante tempo, ainda hoje conservam as mesmas características: níveis nutricionais mínimos, ingredientes de baixo custo e qualidade, formulação variável (o que significa que na ausência de um dos ingredientes, ou na inflação de seu preço, os fabricantes substituem por outro de qualidade próxima, podendo ocasionar diarréias e além de má digestão do alimento) e fontes vegetais de proteína e gordura.

A linha de combate é comercializada principalmente em canais não especializados (supermercados, por exemplo) a preços extremamente acessíveis. No entanto são alimentos de baixa densidade nutricional obrigando assim o animal a ingerir uma grande quantidade para se sentir saciado e assim receber o mínimo de nutrientes necessários através do produto o que torna a relação custo/benefício desvantajosa.

Na década de 80 apareceram produtos mais elaborados, chamados de alimentos do tipoPremium, com níveis nutricionais superiores aos produtos de combate, mais palatáveis (mais sabor) e com controle de qualidade e matéria prima um pouco mais rigoroso. Porém, seguia a mesma filosofia nutricional de formulação variável e utilização da maior parte de ingredientes de origem vegetal. Além disso, acrescentaram diferenciais como corantes e aromas "culinários" artificiais além de formatos que buscavam unicamente agradar aos olhos dos proprietários de cães e gatos, sem agregar valor nutricional algum ao alimento.

Os alimentos Super Premium são originários na década de 90, e a PremieR pet foi pioneira no lançamento desta linha no Brasil. Apresenta os avanços nutricionais mais recentes e tecnologia de produção moderna, agregando ingredientes de alta qualidade além de suplementos nutricionais que a longo prazo oferecem maior qualidade de vida ao animal e conseqüentemente, maior longevidade. São vendidos em sua maioria, em canais especializados (clínicas veterinárias, pet shops e casas de rações), apresentam valor nutricional e focam na qualidade dos ingredientes e performance dos animais nos diversos estágios de vida. Os alimentos Super Premium apresentam custo benefício melhor, por proporcionarem alta digestibilidade e densidade energética permitindo alta qualidade nutricional além de uma menor ingestão de alimento. Além disso, reduzem o risco do aparecimento de doenças nutricionais no decorrer da vida de cães e gatos.

Ração PremieR pet: Alimento para cães e alimento para gatos

Você sabia?

Alimentos Super Premium apresentam níveis nutricionais mais elevados, atendendo não somente aos requerimentos nutricionais mínimos estabelecidos pelo Conselho de Nutrição Animal do NRC (National Research Council) e AAFCO, como também estados fisiológicos mais exigentes, tais como reprodução, treinamento e recuperação de estados patológicos de cães e gatos. Os níveis nutricionais ótimos devem estar em equilíbrio entre os níveis mínimos e máximos apresentados pela AAFCO (Association of American Feed Control Officials); Esses níveis são determinados por pesquisas "in vivo", que buscam condições ótimas de pelagem, desenvolvimento de musculatura e, principalmente, otimização de performance na reprodução e no sistema imunológico.

X