Capa > Home > Alimentos para Cães Adultos > PremieR Nutrição Clínica Hipoalergênico Cães
Compartilhe:
PremieR Nutrição Clínica Hipoalergênico Cães

PremieR Nutrição Clínica Cães Hipoalergênico é um alimento auxiliar ao tratamento da hipersensibilidade e intolerância alimentar a determinados ingredientes.

Nos casos de hipersensibilidade ou intolerância alimentar, é fundamental substituir a dieta por um alimento com menor potencial de causar alergia, reduzindo assim a possibilidade de ocorrência dos sintomas.

Este alimento deve ser utilizado sob orientação de um profissional pelo período mínimo de 3 a 8 semanas, se os sinais de intolerância e/ou hipersensibilidade desaparecerem, pode ser utilizado continuamente.

Nutrição Completa Guia Alimentar Indicações Composição Calcule A Quantidade Ideal
  • Saúde intestinal

    Não contém glúten - a ausência de gliadina, glicoproteína presente no glúten, garante segurança digestiva contra a enteropatia sensível ao glúten.

  • Vitalidade

    EPA + DHA - Níveis elevados de EPA+DHA, importantes ácidos graxos da família ômega 3, que agem modulando as reações inflamatórias.

    Fonte restrita de proteína: Utilização restrita de proteínas para reduzir a possibilidade de hipersensibilidade e intolerância alimentar.

  • Pelo e Pele

    Cuidado com a pele - atuação de nutrientes com ácidos graxos essenciais, biotina e zinco que proporcionam integridade à pele.

  • Apresentação

    2kg / 10,1kg

Toda introdução de um novo alimento deve ser gradual e crescente. Para uma perfeita adaptação do sistema digestivo, siga o seguinte programa:

1º Dia 2º Dia 3º Dia 4º Dia 5º Dia 6º Dia 7º Dia
PremieRNutrição Clínia 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70%
Alimento Anterior 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30%

Modo de usar

Siga a orientação do médico veterinário ou utilize a tabela abaixo. Para um melhor resultado, divida a porção diária em 4 ou mais refeições.

Porte do Cão Peso Consumo Diário
Pequeno 2 a 4 kg 42 a 70g g
5 a 9 kg 83 a 119g g
Médio 10 a 14 kg 139 a 179g g
15 a 20 kg 189 a 235g g
Grande 21 a 30 kg 243 a 318g g
31 a 40 kg 326 a 394g g
41 a 50 kg 402 a 466g g
Gigante 51 a 60 kg 473 a 535g g
61 a 70 kg 541 a 600g g
71 a 80 kg 607 a 663g g

PremieR Nutrição Clínica Hipoalergênico Cães é um alimento coadjuvante indicado para cães adultos com sintomatologia dermatológica e/ou intestinal da hipersensibilidade e intolerância alimentar a determinados ingredientes.
Este produto deve ser utilizado como auxiliar, portanto não substitui o tratamento convencional.
Este alimento é contraindicado para filhotes, cadelas gestantes ou em fase de lactação com alergia à proteína de cordeiro ou a qualquer outro ingrediente da composição do alimento.
Ingredientes:

Farinha de carne e ossos de ovino, quirera de arroz, polpa de beterraba,gordura animal estabilizada, óleo de peixe, óleo de soja*, antioxidante BHA,cloreto de potássio, cloreto de sódio, DLmetionina, hidrolisado de fígado de frango, lecitina de soja, levedura seca de cervejaria, L-lisina, parede celular de levedura, premix mineral transquelatado(cobre, ferro, iodo, manganês, selênio, zinco), premix vitamínico (ácido fólico, ácido pantotênico, biotina, colina, niacina, piridoxina, riboflavina, tiamina, vitamina A, vitamina B12, vitamina C, vitamina D3, vitamina E, vitamina K3), taurina.
* Contémóleo de soja transgênico(espécies doadoras de gene: Bacillusthuringiensis, Agrobacteriumtumefaciens, Streptomycesviridochromogenes).

Níveis de Garantia
Umidade (Máx.) 10,00% 100 g/kg
Proteína Bruta (Mín.) 20,00% 200 g/kg
Extrato Etéreo (Mín.) 13,00% 130 g/kg
Matéria Mineral (Máx.) 7,50% 75 g/kg
Matéria Fibrosa (Máx.) 3,00% 30 g/kg
Cálcio (Máx.) 1,60% 16 g/kg
Cálcio (Mín.) 0,80% 8000 mg/kg
Fósforo (Mín.) 0,60% 6000 mg/kg
Potássio (Mín.) 0,50% 5000 mg/kg
Sódio (Mín.) 0,20% 2000 mg/kg
EPA + DHA (Mín.) 0,40% 4000 mg/kg
Taurina (Mín.) 0,13% 1300 mg/kg
Metionina (Mín.) 0,50% 5000 mg/kg
Lisina (Mín.) 1,10% 11 g/kg
Ômega 6 (Mín.) 1,60% 16 g/kg
Energia Metabolizável 3831 kcal/kg
PremieR Nutrição Clínica Hipoalergênico Cães
Sexo
Raça
Peso atual
Peso esperado
quando adulto KG
Conheça Outros Alimentos Da Mesma Linha
X
Premium Ou Super Premium

Todas as rações alimentam o animal, mas nem todas ajudam a manter a saúde, a qualidade de vida e a beleza, pois não possuem as mesmas propriedades. O que muda entre essas categorias?

  • Tabela Comparativa
  • Os alimentos Premium no Brasil

Standard

Premium/Premium Especial

Super Premium

Origem Década de 70 Década de 80 Década de 90 (A PremieR pet foi pioneira)
Níveis
Nutricionais
Mínimos Formulações mais completas e balanceada com níveis nutricionais acima do mínimo recomendado Formulações mais completas, concentradas com níveis nutricionais ótimos
Ingredientes Ingredientes de baixo custo e qualidade Matérias Primas de boa qualidade nutricional Matérias primas de máxima qualidade e presença de ingredientes especiais que promovem benefícios extras à saúde
Formulação Variável Fixa Fixa
Consumo, aproveitamento e volume de fezes Alto consumo, baixo aproveitamento e fezes mal formadas e em grande volume Consumo intermediário, bom aproveitamento e fezes em menor volume: firmes e fáceis de recolher Menor Consumo entre as categorias, máximo aproveitamento e fezes em menor volume: firmes e fáceis de recolher
Saciedade
Foco Preço baixo Custo-Benefício Promover saúde, longevidade e qualidade de vida.

Os Primeiros alimentos industrializados que surgiram no Brasil, na década de 70, foram os produtos atualmente chamados de linha de combate. Embora já existam há bastante tempo, ainda hoje conservam as mesmas características: níveis nutricionais mínimos, ingredientes de baixo custo e qualidade, formulação variável (o que significa que na ausência de um dos ingredientes, ou na inflação de seu preço, os fabricantes substituem por outro de qualidade próxima, podendo ocasionar diarréias e além de má digestão do alimento) e fontes vegetais de proteína e gordura.

A linha de combate é comercializada principalmente em canais não especializados (supermercados, por exemplo) a preços extremamente acessíveis. No entanto são alimentos de baixa densidade nutricional obrigando assim o animal a ingerir uma grande quantidade para se sentir saciado e assim receber o mínimo de nutrientes necessários através do produto o que torna a relação custo/benefício desvantajosa.

Na década de 80 apareceram produtos mais elaborados, chamados de alimentos do tipoPremium, com níveis nutricionais superiores aos produtos de combate, mais palatáveis (mais sabor) e com controle de qualidade e matéria prima um pouco mais rigoroso. Porém, seguia a mesma filosofia nutricional de formulação variável e utilização da maior parte de ingredientes de origem vegetal. Além disso, acrescentaram diferenciais como corantes e aromas "culinários" artificiais além de formatos que buscavam unicamente agradar aos olhos dos proprietários de cães e gatos, sem agregar valor nutricional algum ao alimento.

Os alimentos Super Premium são originários na década de 90, e a PremieR pet foi pioneira no lançamento desta linha no Brasil. Apresenta os avanços nutricionais mais recentes e tecnologia de produção moderna, agregando ingredientes de alta qualidade além de suplementos nutricionais que a longo prazo oferecem maior qualidade de vida ao animal e conseqüentemente, maior longevidade. São vendidos em sua maioria, em canais especializados (clínicas veterinárias, pet shops e casas de rações), apresentam valor nutricional e focam na qualidade dos ingredientes e performance dos animais nos diversos estágios de vida. Os alimentos Super Premium apresentam custo benefício melhor, por proporcionarem alta digestibilidade e densidade energética permitindo alta qualidade nutricional além de uma menor ingestão de alimento. Além disso, reduzem o risco do aparecimento de doenças nutricionais no decorrer da vida de cães e gatos.

Ração PremieR pet: Alimento para cães e alimento para gatos

Você sabia?

Alimentos Super Premium apresentam níveis nutricionais mais elevados, atendendo não somente aos requerimentos nutricionais mínimos estabelecidos pelo Conselho de Nutrição Animal do NRC (National Research Council) e AAFCO, como também estados fisiológicos mais exigentes, tais como reprodução, treinamento e recuperação de estados patológicos de cães e gatos. Os níveis nutricionais ótimos devem estar em equilíbrio entre os níveis mínimos e máximos apresentados pela AAFCO (Association of American Feed Control Officials); Esses níveis são determinados por pesquisas "in vivo", que buscam condições ótimas de pelagem, desenvolvimento de musculatura e, principalmente, otimização de performance na reprodução e no sistema imunológico.

X