24 de março de 2021

#1 | SEU PET SHOP ESTÁ PREPARADO PARA OS MEIOS DE PAGAMENTO DIGITAIS?

A hora do pagamento é a consolidação de um processo longo e custoso que começa com a atração do cliente para dentro da loja física ou virtual. Depois de ajudar o comprador a escolher os produtos adequados e a quantidade desejada de cada um, chega o grande momento: o pagamento. Seu pet shop está preparado para a diversificação dos meios de pagamentos?

Além das tradicionais maquininhas, sua equipe precisa estar capacitada para lidar com as últimas novidades: PIX, carteiras digitais (Google Wallet, Apple Pay, PicPay) e outros modelos inovadores, como plataformas de assinaturas. Neste post vamos te ajudar a estar pronto para atender o cliente que utiliza estes sistemas de pagamento.

A pandemia do coronavírus, ao mesmo tempo que fez o mercado pet crescer cerca de 13%, ajudou a acelerar o processo de digitalização dos pagamentos.

Com a necessidade de distanciamento social, mesmo consumidores que eram avessos às novas tecnologias passaram a fazer compras online, a recorrer a transações digitais ou usar meios de pagamento sem contato em estabelecimentos comerciais.

Tudo indica que essa mudança de comportamento veio para ficar. Há até especialistas que fazem previsões de que em um futuro próximo teremos uma sociedade sem dinheiro físico, com meios digitais substituindo cédulas e moedas.

Seu pet shop precisa estar preparado para oferecer um leque cada vez maior de opções para a confirmação da compra, oferecendo segurança e praticidade aos seus consumidores.

Saiba mais sobre os meios de pagamento que estão ganhando destaque:

PIX

No final de 2020 começou a funcionar o PIX, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central que pretende acelerar a digitalização do setor e aumentar a inclusão financeira. O sistema entrou em operação durante a pandemia do coronavírus e se tornou uma opção mais rápida e barata para fazer pagamentos. Com o PIX, as operações podem ser realizadas 24 horas por dia, todos os dias do ano. Isso permite transações financeiras praticamente em tempo real – diferentemente do que acontece com TEDs, DOCs, boletos e cartões, por exemplo.Adicionar bloco

Dica faça um cartaz ou placa bem visível com sua chave PIX perto do caixa, assim como tenha mensagens preparadas com esses dados para enviar via WhatsApp quando o cliente estiver comprando por esse meio. Faça um adesivo ou aviso na loja, “Aceitamos PIX” pois alguns clientes podem estar sem carteira e somente com o celular podem comprar (além do que mostra que sua empresa está atualizada e preparada para melhor atender o tutor dos seus animais de estimação).

Transferências bancárias (TED e DOCs)

Por mais que não sejam novas, essas formas de pagamento passaram a ser aceitas pelas lojas com mais frequência com a pandemia. Ao contrário do PIX, no entanto, as transferências feitas em finais de semana ou feriados nacionais são completadas somente no dia útil seguinte, podendo levar dias para ser finalizada.

Carteiras digitais

A migração para métodos de pagamentos digitais como as eWallets, também chamadas de carteiras digitais, já estavam em andamento, mas se acelerou fortemente com a pandemia. A tendência é que métodos de pagamento como Google Wallet, Apple Pay, Mercado Pago e Pic Pay continuem crescendo mesmo com o fim da exigência do isolamento social.
Os consumidores jovens são os grandes usuários, mas pesquisas mostram que consumidores de todas as faixas etárias já estão adotando as carteiras digitais de forma regular.

Gateways de pagamento

Esse sistema permite ao lojista enviar um link por e-mail ou WhatsApp para que o próprio cliente possa digitar os dados do cartão de crédito. Os gateways simplificam a conexão da loja virtual com operadoras e bancos, facilitando as transações pelo e-commerce.

Tecnologias sem contato

QR Code

Nem sempre os novos meios de pagamento são inovações para o mercado, mas sim novidades para os usuários. É o caso do pagamento por QR Code, alternativa que permite transações sem contato físico. Este é um meio conhecido há mais tempo, mas ganhou fôlego nos últimos tempos e vem se popularizando. Com a mudança de estilo de vida imposta pela pandemia, uma parcela da população que nunca havia considerado esta alternativa antes passou a usar o recurso.
Esta é uma forma que o comerciante dispõe de incentivar a compra de produtos por meio de aplicativos, bastando aproximar o celular do código exibido nas telas. O QR Code também pode estar disponível nos pontos de venda, simplificando o processo de compra. O recurso já é bastante popular em países como China e Singapura e começa a se tornar mais comum no Brasil.Adicionar bloco

Dica imprima o QR Code de sua chave PIX e coloque no caixa e espalhe pela loja pois, em algumas situações, o cliente nem mais precisa ir ao caixa para pagar.

NFC

A tecnologia NFC está presente em muitos aparelhos de celular e nos chips dos cartões bancários e passou a ganhar força desde o início da pandemia como forma de evitar o contato direto dos consumidores com o dinheiro em circulação.
Pesquisas mostram que o pagamento por aproximação cresceu no Brasil com a adoção de medidas de distanciamento social por causa da Covid-19. De acordo com um levantamento da Mastercard, 69% dos brasileiros entrevistados disseram que estão testando o uso de pagamentos por aproximação.

Pagamento digital traz conveniência e segurança

Uma pesquisa realizada em 15 países em junho de 2020 mostrou que as formas de pagamentos digitais estão sendo adotadas por todas as gerações: os mais jovens são os grandes usuários, mas os consumidores mais velhos demonstram interesse crescente pelas novas tecnologias. De acordo com o estudo, um terço da população já utiliza meios digitais de pagamento. Quando o usuário tem contato com a conveniência de acessar meios mais fáceis e seguros, dificilmente retorna aos processos tradicionais.

É verdade que no Brasil a forma de pagamento por meios físicos é a única opção para uma parcela da população. Mas a aceleração dos meios de pagamentos digitais é uma realidade e traz várias vantagens: diminui custos, traz praticidade e garante a documentação das transações.

Estudo do Instituto Locomotiva, divulgado pela Agência Brasil, mostra que compras feitas por meio de aplicativos cresceram 30% no país durante a pandemia. De acordo com o levantamento, quase metade das pessoas entrevistadas (49%) declararam que pretendem ampliar as compras por aplicativos mesmo com o fim da necessidade de distanciamento social.

Concluindo, estes novos meios de pagamento podem fazer a diferença no seu pet shop. A mudança no comportamento dos clientes se reflete na estratégia de vendas. Para se destacar em meio à concorrência é necessário estar atualizado e utilizando as novas tecnologias para facilitar a vida do cliente .

Escrito por Marcelo Pimenta

Referências:
LEITE, Vitor. Pix, TED e DOC: qual é a diferença? Blog Nubank, 2019. Disponível em: <https://blog.nubank.com.br/pix-ted-doc-qual-a-diferenca/>. Acesso em: fevereiro/2021.

MACIEL, Flávio Rodrigues. O que é um gateway de pagamentos, afinal? E-commerce Brasil. Disponível em: <https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/o-que-e-um-gateway-de-pagamentos-afinal/>. Acesso em: fevereiro/2021.

SEM AUTOR. Pix: entenda o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. Conductor, 2020. Disponível em: <https://conductor.com.br/pix-sistema-pagamentos-instantaneos-banco-central/>. Acesso em: fevereiro/2021.

SEM AUTOR. Pandemia acelera o uso de novos meios de pagamento. Conductor, 2020. Disponível em: <https://conductor.com.br/novos-meios-de-pagamento/>. Acesso em: fevereiro/2021.

RUBINSTEINN, Gabriel. 40% dos brasileiros já usam meios de pagamento digitais, aponta estudo. Exame. Disponível em: <https://exame.com/future-of-money/dinheiro-tendencias/40-dos-brasileiros-ja-usam-meios-de-pagamento-digitais-aponta-estudo/>. Acesso em: fevereiro/2021.

Conheça também:

ENCONTRE O ALIMENTO IDEAL PARA O SEU PET